Ode ao Prelúdio


Felicidade, ajuda… comece de baixo pra cima.
12/04/2010, 4:00 PM
Filed under: Pensando sobre

Gritar ao mundo sua alegria parece que necessita sempre uma “bibliografia”, ao dizer que está feliz quase sempre após o “que bom” vem o “e posso saber o porque?” é, essa curiosidade é nata, felicidade é algo que quase nunca se ganha apenas por estar vivo, a pessoa que diz ESTOU FELIZ PORQUE ESTOU VIVO é porque não enxergou ainda problema algum em sua volta, ou na verdade está de olhos fechados, não que seja errado estar feliz apenas por estar vivo, mas manter-se vivo até em precárias condições quase qualquer um faz, se não, qualquer um. Há além da necessidade de estar vivo para se viver, o por que manter-se vivo, se não, é apenas um nada sobre obrigação de coisa nenhuma esperando o fim vir em sua direção.

Sou do tipo que acorda feliz por estar vivo e fim, enxergo o mundo a minha volta e não sou muito de ajudar, não que eu não tenha compaixão mas há algo mais forte que me impede de ligar pro “disque alguma coisa” pra ajudar, sei lá, a única vez que fiz isso foi no criança esperança e eu tinha menos de dez anos. Porém, já cheguei a dar tudo que tinha em minha carteira para um cara que pediu ajuda na rua, não era muito, mas ele pediu e eu já havia visto ele em algum outro lugar, não sei onde, ajudei porque parecia estar ajudando alguém de perto, que de alguma forma mudaria minha convivência com outras pessoas. Não quero que me entendam mal, eu fico sim triste com os acontecimentos, sou do tipo que choro vendo comercial de TV, então por favor, não diga que preciso perder mais alguém pra entender a dor dos outros ok?

O ser humano sempre terá uma força maior que o puxa pra onde deve ir, chamam isso de instinto eu chamo de força maior e fim. Não há nada mais chato que tentar ser algo e não conseguir, é normal algumas pessoas entram em parafuso por isso, outras convivem bem e a grande maioria, simplesmente vive emburrado com a sociedade que a critica.
O importante é sentir-se bem sem prejudicar ninguém e fazer sempre o melhor que acha que se pode ser feito por você, não importa se a outra parte acha que poderia ser feito mais, o importante é sentir-se sempre bem com sua consciência sem é claro ser egoísta, o individualismo é mais que necessário só que pra tudo há um limite.

As vezes as pessoas que mais necessitam de algo estão dentro de casa e se você souber lidar com isso e de alguma forma tentar ajudar, quando as pessoas de fora precisarem de ajuda não terão só você para ajuda-las. É preciso crescer de dentro para fora, é preciso também saber que tristeza é tão necessária quanto a alegria, pra que o equilibro exista é preciso saber quando é seu tempo e se você está satisfeito em fazer aquilo que faz.

Danilo Tavares

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: