Ode ao Prelúdio


Cada espaço e seu lugar
15/06/2010, 11:50 PM
Filed under: Pensando sobre

Encontrei em mim um vazio,
Não era preciso olhar para dentro
Nem havia alguém que enxergasse o que eu vi.
Tomei-me de saudade dos beijos
O abraço pequeno e as costas desenhadas
O frio que parece entrar no meu corpo pelas solas dos meus pés
Não preenche esse espaço que te aguarda,
Não sendo confundido com mais nada
És nesse momento, uma saudade que me toma
Um pedaço que me falta,
Uma vontade incontrolável de querer-te perto
E de tão perto sentir teu corpo apertado ao meu
Sendo por algum momento
Eu.

Danilo Tavares

Anúncios

2 Comentários so far
Deixe um comentário

O bom de ver o vazio é saber que sempre cabe mais =)

Comentário por Cris

“as costas desenhadas. ”

gostei disso

Comentário por anapando




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: